Publicado por: caduxis | 20/09/2012

Por que sou contra a Via Expressa

Em primeiro lugar por que é uma obra pública realizada com a intenção de valorizar os negócios da famiglia Sarney e sócios em São Luís. Vejamos: a avenida se inicia nos portões de fundo do CEUMA no bairro do Renascença, e segue ao lado do Shopping Jaracaty, que teve incluisve o seu entorno todo urbanizado em decorrência da obra. Depois passa ao lado do Shopping São Luís que tem Jorge Murad, esposo de Roseana Sarney, como sócio majoritário. Depois segue por onde do lado direito e esquerda temos terrenos loteados que, à se julgar pelas informações que nos chegam, pertecem ao senador Lobão Filho, aliado da famiglia na política e nos negócios. Depois irá desembocar na avenida Daniel de La Touche no Ipase ao lado do Shopping da Ilha, que tem os Sarneys também como sócio.
Em segundo lugar por que está agredindo violentamente moradores da comunidade do Vinhais Velho e aqui trata-se do fator humano. São pessoas que tem famílias, trabalhadoras, que pagam seus impostos e que receberam informação do governo dizendo que teriam que sair das suas casas, aceitar uma indenização chifrin, e que não teriam nada o que fazer, a não ser aceitar isso. Na linha de tiro da avenida estão um empreendimento, que gera emprego e renda para a economia da cidade, e o sitio do Seu Olegário, descendente dos índios Tupinambás, conforme registros em artigos da historiadora Antônia Mota. A região onde se encontra o sítio do Seu Olegário é um verdadeiro paraíso ambiental, com fontes de água pura, um açude e vegetação exuberante.
Depois vem os problemas ambientais. Serão cerca de 6km de avenida quase que totalmente construídas em cima de mangue. As fotos estão fartamente publicadas na internet e nas redes sociais para quem quiser ver a verdadeira tragédia ambiental que é a construção dessa avenida. E aqui cabe um adendo sobre o modelo de cidade que os cidadãos querem: se por um lado querem poder se deslocar livremente com obras de mobilidade urbana, por outro também querem ter o meio-ambiente preservado para uma melhor qualidade de vida na cidade. O grave é que o modelo de governo oligárquico autoritário em vigência não concebe a ideia de que o cidadão deva ser ouvido para tomada de decisões de obras de intervenção pública.
Depois vem o problema da agressão ao patrimônio histórico, cultural e arqueológico da região do Vinhais Velho. Primeiro núcleo de colonização da cidade. Pode-se afirmar com certeza que a cidade começou pelo Vinhais Velho. Uma vez instalado o forte de conquista de São Luís onde hoje fica o Palácio dos Leões, decidiu-se por iniciar o povoamento e a colonização nas aprazíveis terras onde hoje se localiza o Vinhais Velho. A citação é de artigo da historiadora Antônia Mota.
“Em 1757, a aldeia da Doutrina passou a se chamar Vila de Vinhais, com casa de Cadeia e Câmara, Vereadores e Juízes. O Arquivo Público do Maranhão guarda tanto os registros ligados à capela de São João Batista de Vinhais, com seus livros de batismos, casamentos e óbitos, como as atas e Livros de Registro do Conselho Municipal, estabelecido em um sobrado no anterior aldeamento jesuítico (MARQUES, 1970, p. 632).A comunidade estabelecida na antiga Eussouap era tão próspera neste período, que o governador Melo e Póvoas fundou ali uma “fábrica de soque de arroz”, onde foram empregados os outrora missioneiros. Este era um tipo de empreendimento muito comum nos arredores do porto de São Luís, uma vez que na segunda metade do século XVII, o Maranhão era grande exportador de algodão e arroz, sendo as fábricas de beneficiamento localizadas nas margens dos igarapés, aproveitando a força das águas para mover seus engenhos. Existem registros sobre várias destas fábricas nos arredores do porto de São Luís, a partir da Praia do Caju, passando por Santo Antônio, Remédios, Genipapeiro, Camboa, até chegar a Vila de Vinhais.” (Antônia Mota, Vinhais Velho ameaçado pela Via Expressa)
Estabeleceu-se também no Vinhais Velho simpĺesmente a primeira Igreja Católica de São Luís. Um verdadeiro patrimônio histórico-cultural. Outra riqueza de icomensurável valor são os sítios arqueológicos que existem na região. Os artefatos são fartamento encontrados e ajudam a compreender o que se passou no período da colonização. Se forem enterrados junto com a via expressa, será enterrado também os artefatos que ajudariam a entender mais sobre a história de São Luís e do Maranhão. Portanto em tempos de celebrações canhestras sobre os 400 anos de fundação da cidade o Vinhais Velho é um verdadeiro patrimônio histórico-cultural de São Luís que deve ser preservado pelo poder público e não destruído por uma avenida sem noção.
Por último sou contra a via expressa por ela ser um verdadeiro engodo no debate em curso hoje na cidade sobre os graves problemas estruturais existentes. É uma obra que terá um grande custo financeiro, com grave consequencias ambientais, que se afigura flagrante agressão ao patrimônio histórico-cultural e arqueológico de São Luís, e que não ajudará, ou ajudará muito pouco na resolução dos graves problemas de trânsito da capital. À quem ela realmente beneficará eu não sei mas desconfio…
Diante de todas essas objeções é salutar fazer alguns questionamentos:
Onde estava a promotoria do meio ambiente quando as obras começaram à ser construídas?
Onde estava o IPHAN quando o projeto da obra previa a destruição da comunidade do Vinhais Velho e todo seu patrimônio histórico, cultural e arqueológico?
Onde está o relatório de impacto ambiental da obra, já que a mesma está quase toda sendo construída em cima de manguezais?
A que interesses serve o senhor secretário de estado Max Barros que não se pronuncia sobre os direitos da comunidade e quer a todo custo entregar a obra ainda em dezembro deste ano?
Onde estão as escrituras de posse de terrenos do lado direito de esquerdo da primeira parte da obra e onde elas foram lavradas?
Essa regiao, lado direito e esquerdo da primeira parte da obra, não era um parque ambiental, o Santa Eulália?
Diante da propositura de uma audiência pública à ser realizada em breve sobre a questão do Vinhais Velho, esperamos que essas questões venham à tona e mais que isso… as explicações.

Bruno Rogens
Professor
Mestre em Ciências Sociais

Fonte: Blog do MrRogers

Anúncios
Publicado por: caduxis | 27/06/2012

Animal Liberation Front – O filme

Depois do filme “Alinea 3 da Tourada, ataque a animais” do diretor Jérôme Lescure. A organização “ALF – Animal Liberation Front” ativista para uns, terrorista para os outros. É a saída é iminente … ou quase.
A Frente de Libertação Animal ou Animal Liberation Front (ALF) é um termo usado internacionalmente por meio de ativistas dos direitos dos animais, que contrapõem as ações ilegais de forma direta, algumas das quais são consideradas terroristas. (Wikipedia). Um bom filme, precisamente.

O diretor nos dá notícia da produção:

Após longos meses passados em pós-produção, durante o qual nos encontramos novas contingências, o filme está finalmente terminado. Vamos agora abordar a fase mais importante para o filme: venda através de distribuidores.
Estamos atualmente em conversações com duas empresas de distribuição franceses, que parecem interessados no projeto, mas entraremos em contato com os outros nos próximos dias.
É importante encontrar um distribuidor que esteja disposto a lutar para o sucesso do filme de modo a termos números de salas, porque como você sabe, o assunto não está no cotidiano. Paralelamente a isso, nos preparamos para festivais internacionais (Cannes, Toronto, San Sebastian, Artivist etc) e isto é particularmente importante para nos ajudar a encontrar distribuidores estrangeiros para o filme internacionalmente.
Uma seleção de um festival é um sinal de apreço também artística e acima de tudo a nossa mensagem.

Você encontrará abaixo o dossier de imprensa ALF para download (PDF) e em algum tempo, você também vai descobrir o site oficial do filme (www.alf-lefilm.fr), que será publicado cerca de três meses antes da data de lançamento, você vai descobrir o novo trailer, informações exclusivas e abrangentes sobre o filme, elenco, as filmagens, a equipe técnica …
Já existe o facebook do filme (ALF “Animal Liberation Front”, um filme de Jérôme Lescure) reúne mais de 13.000 fãs, nós lançamos, sem qualquer promoção. Sinta-se livre para se juntar a nós, e incentive seus contatos para fazê-lo, pois isso também pode trabalhar a nosso favor com potenciais parceiros, distribuidores, imprensa etc.

A data de lançamento não é fixa, mas ainda esperamos um lançamento no final de 2012, data a ser confirmada com base no tempo de distribuidores e parceiros cinemas.
Lamentamos que ALF foi concluído, mas não chega aos cinemas em breve, como esperávamos, tivemos atrasos e inesperados em todas as fases do filme. Este projeto foi muito difícil e complicado para montar, mas conseguimos a nossa aposta.
Estamos orgulhosos das realizações, em parte graças a você, mas ainda há um último esforço para ir para finalmente ver o cartaz de ALF sinalizados nas ruas e se espalhar antes dos cinemas.

Dossier do Filme em PDF

Site oficial do Filme

Para ajudar o Filme

Page no Facebook

Publicado por: caduxis | 29/03/2012

Stop SOPA…

Entenda o que é SOPA.

Saiba mais em Mega Não!

Publicado por: caduxis | 06/03/2012

Riot-Folk: coletivizar a música, amplificar o grito…

“Voltar a fazer do folk uma ameaça” – a idéia juntou nove músicos estadunidenses. Chamaram-lhe Riot Folk. Fazem das guitarras acústicas armas apontadas ao capitalismo, reinventam a forma de partilhar e fazer música, cantam sonhos comuns.

“A música tem sido uma ameaça para o capitalismo e outros sistemas de opressão no passado, e o Riot-Folk quer voltar a fazer do folk uma ameaça!”. Este é o mote para um coletivo que há sete anos espalha música radical pelos EUA. Carregam guitarras e inconformismo, teimam que “uma canção pode ser uma poderosa arma para a mudança social”, diz Ryan Harvey, um dos fundadores do coletivo.

“Somos um grupo de músicos dedicado à ajuda mútua e à solidariedade, enquanto cria uma voz coletiva que possa provocar, educar, desafiar e inspirar”, explica-se em http://riotfolk.org. Tudo começou em 2004, quando nove jovens músicos de vários cantos do país decidiram partilhar recursos como contatos, site, equipamento de gravação e dinheiro.

“Os coletivos baseiam-se na idéia de que trabalhar em conjunto beneficia cada membro, mais do que trabalhar em competição – essa noção querida ao capitalismo. A competição não deixa lugar para a colaboração ou a solidariedade, limita o potencial dos indivíduos ao desencorajar as conquistas cooperativas e o interesse coletivo”.

O Riot-Folk criou uma rede de pessoas com quem podem fazer uma digressão, gravar, trocar idéias ou dar e receber apoio. Também lhes deu oportunidade de se tornarem um recurso para outros projetos radicais, fazendo concertos benefit ou tocando em solidariedade com ações.

Longe das gravadoras e promotoras comerciais, definem-se como um coletivo anti-lucro, baseado nos princípios de anti-opressão e anti-capitalismo. “Não queremos capitalizar a nossa música, mas usá-la como uma ferramenta contra o capitalismo. Queremos criar um modelo diferente de como a música pode ser criada, apoiada e partilhada”. Por isso, utilizam um fundo coletivo, para o qual cada um dá aquilo que pode e retira aquilo de que precisa. E as decisões tomam-se por consenso.

Porque a música deve ser acessível, tudo o que gravam está disponível para download gratuito (algo que em 2004 era bem menos comum) e os concertos são gratuitos ou com contribuição livre. Já os álbuns são vendidos numa escala baseada nas possibilidades que as pessoas tenham de pagar. E o dinheiro que fazem é reciclado como fundo para novos álbuns e digressões.

“Coletivizar a nossa música amplificou a capacidade de cada um ser ouvido de forma mais vasta e fez disparar a nossa energia e possibilidade de continuar a fazer música”, garantem. “Demos passos no sentido de quebrar a cultura do isolamento e competição – criando novas relações de solidariedade e apoio-mútuo”.

A urgência punk numa guitarra acústica

Há dez anos que Ryan Havey tem tocado em círculos pela justiça social. Durante esse tempo já lá vão treze álbuns gravados no espírito “do it yourself”. Muito do seu tempo e energia vão para o trabalho com ex-militares em grupos contra a guerra, como o Iraq Veterans Against the War. “Considero a minha música e as minhas canções como uma parte do meu ativismo, tal como ajudar a organizar um evento”.

Cresceu nos subúrbios de Baltimore a ouvir Rancid e Crass, e abandonou a escola aos 16 anos para “aprender com o mundo”. Foi pela altura em que Bush foi eleito que começou a pegar na guitarra. “As bandas punk têm uma história de músicas e mensagens socialmente ativas, e eu queria juntar essa raiva e urgência através do meio simples que é a guitarra acústica”.

“O capitalismo encontrou na música um novo produto e um novo mercado. A canção deixou de estar no centro para dar lugar ao artista, à estrela. E os artistas tornaram-se eles mesmos produtos – nomes a ser promovidos, vendidos e comprados. A competição econômica e artística tornou-se a regra do jogo, e aqueles que não forem comprados por uma gravadora são afogados entre o barulho da música comercial e baseada no lucro”.

Através do Riot-Folk, Ryan procura subverter este sistema. “Antes da era das gravações comerciais e do copyright, a música folk era de fato coletiva. As canções eram escritas para serem partilhadas e cantadas por todos livremente. O artista era o iniciador de um “ciclo de dádiva”, em que a música ia para lá do controle e do lucro do criador, para se tornar parte de algo maior – um bem comum”.

É nessa lógica que as músicas são anti-copyright, livres para serem distribuídas, cantadas, rescritas por todos. “Adoro receber e-mails do gênero: espero que não te importes mas reescrevi as letras de uma das tuas músicas”, conta.

Um exemplo foi a partir de uma música sua que surgiu a faixa “Stray bullets”, do novo álbum de The Nightwatchman – projeto de Tom Morello, dos Rage Against the Machine.

Para ouvir:

Ryan Harvey – Peace, Justice and Anarchy

Evan Greer – Ya Basta

Brenna Sahatjian – Treason Loyalty & Love

Fonte: Indymedia Portugal

Publicado por: caduxis | 14/11/2011

Repassando como dever.

O que todos deveriam saber antes de votar. E se você não quer que isso continue acontecendo, é simples, vote NULO.

EM QUEM NÃO VOTAR:

ID

NOME

CARGO

PARTIDO

ACUSAÇÃO OU CRIME A QUE RESPONDE

1

ABELARDO LUPION

Deputado

PFL-PR

Sonegação Fiscal

2

ADEMIR PRATES

Deputado

PDT-MG

Falsidade Ideológica

3

AELTON FREITAS

Senador

PL-MG

Crime de Responsabilidade e Estelionato

4

AIRTON ROVEDA

Deputado

PPS-PR

Peculato

5

ALBÉRICO FILHO

Deputado

PMDB-MA

Apropriação Indébita

6

ALCESTE ALMEIDA

Deputado

PTB-RR

Peculato e Formação de Quadrilha, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

7

ALEX CANZIANI

Deputado

PTB-PR

Peculato

8

ALMEIDA DE JESUS

Deputado

PL-CE

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

9

ALMIR MOURA

Deputado

PFL-RJ

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

10

AMAURI GASQUES

Deputado

PL-SP

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

11

ANDRÉ ZACHAROW

Deputado

PMDB-PR

Improbidade Administrativa

12

ANÍBAL GOMES

Deputado

PMDB-CE

Improbidade Administrativa

13

ANTERO PAES DE BARROS

Senador

PSDB-MT

Improbidade Administrativa e Formação de Quadrilha

14

ANTÔNIO CARLOS PANNUNZIO

Deputado

PSDB-SP

Crime de Responsabilidade

15

ANTÔNIO JOAQUIM

Deputado

PSDB-MA

Improbidade Administrativa

16

BENEDITO DE LIRA

Deputado

PP-AL

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

17

BENEDITO DIAS

Deputado

PP-AP

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

18

BENJAMIN MARANHÃO

Deputado

PMDB-PB

Crime Eleitoral

19

BISPO WANDERVAL

Deputado

PL-SP

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

20

CABO JÚLIO (JÚLIO CÉSAR GOMES DOS SANTOS)

Deputado

PMDB-MG

Crime Militar, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

21

CARLOS ALBERTO LERÉIA

Deputado

PSDB-GO

Lesão Corporal

22

CELSO RUSSOMANNO

Deputado

PP-SP

Crime Eleitoral, Peculato e Agressão

23

CHICO DA PRINCESA (FRANCISCO OCTÁVIO BECKERT)

Deputado

PL-PR

Crime Eleitoral

24

CIRO NOGUEIRA

Deputado

PP-PI

Crime Contra a Ordem Tributária e Prevaricação

25

CLEONÂNCIO FONSECA

Deputado

PP-SE

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

26

CLÓVIS FECURY

Deputado

PFL-MA

Crime Contra a Ordem Tributária

27

CORIALANO SALES

Deputado

PFL-BA

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

28

DARCÍSIO PERONDI

Deputado

PMDB-RS

Improbidade Administrativa

29

DAVI ALCOLUMBRE

Deputado

PFL-AP

Corrupção Ativa

30

DILCEU SPERAFICO

Deputado

PP-PR

Apropriação Indébita

31

DOUTOR HELENO

Deputado

PSC-RJ

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

32

EDSON ANDRINO

Deputado

PMDB-SC

Crime de Responsabilidade

33

EDUARDO AZEREDO

Senador

PSDB-MG

Improbidade Administrativa

34

EDUARDO GOMES

Deputado

PSDB-TO

Crime Eleitoral, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

35

EDUARDO SEABRA

Deputado

PTB-AP

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

36

ELIMAR MÁXIMO DAMASCENO

Deputado

PRONA-SP

Falsidade Ideológica

37

EDIR DE OLIVEIRA

Deputado

PTB-RS

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

38

EDNA MACEDO

Deputado

PTB-SP

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

39

ELAINE COSTA

Deputada

PTB-RJ

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

40

ELISEU PADILHA

Deputado

PMDB-RS

Corrupção Passiva

41

ENIVALDO RIBEIRO

Deputado

PP-PB

Crime Contra a Ordem Tributária, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

42

ÉRICO RIBEIRO

Deputado

PP-RS

Crime Contra a Ordem Tributária e Apropriação Indébita

43

FERNANDO ESTIMA

Deputado

PPS-SP

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

44

FERNANDO GONÇALVES

Deputado

PTB-RJ

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

45

GARIBALDI ALVES

Senador

PMDB-RN

Crime Eleitoral

46

GIACOBO (FERNANDO LUCIO GIACOBO)

Deputado

PL-PR

Crime Contra a Ordem Tributária e Seqüestro

47

GONZAGA PATRIOTA

Deputado

PSDB-PE

Apropriação Indébita

48

GUILHERME MENEZES

Deputado

PT-BA

Improbidade Administrativa

49

INALDO LEITÃO

Deputado

PL-PB

Crime Contra o Patrimônio, Declaração Falsa de Imposto de Renda

50

INOCÊNCIO DE OLIVEIRA

Deputado

PMDB-PE

Crime de Escravidão

51

IRAPUAN TEIXEIRA

Deputado

PP-SP

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

52

IRIS SIMÕES

Deputado

PTB-PR

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

53

ITAMAR SERPA

Deputado

PSDB-RJ

Crime Contra o Consumidor, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

54

ISAÍAS SILVESTRE

Deputado

PSB-MG

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

55

JACKSON BARRETO

Deputado

PTB-SE

Peculato e Improbidade Administrativa

56

JADER BARBALHO

Deputado

PMDB-PA

Improbidade Administrativa, Peculato, Crime Contra o Sistema Financeiro e Lavagem de Dinheiro

57

JAIME MARTINS

Deputado

PL-MG

Crime Eleitoral

58

JEFERSON CAMPOS

Deputado

PTB-SP

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

59

JOÃO BATISTA

Deputado

PP-SP

Falsidade Ideológica, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

60

JOÃO CALDAS

Deputado

PL-AL

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

61

JOÃO CORREIA

Deputado

PMDB-AC

Declaração Falsa de Imposto de Renda, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

62

JOÃO HERRMANN NETO

Deputado

PDT-SP

Apropriação Indébita

63

JOÃO MAGNO

Deputado

PT-MG

Lavagem de Dinheiro

64

JOÃO MENDES DE JESUS

Deputado

PSB-RJ

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

65

JOÃO PAULO CUNHA

Deputado

PT-SP

Corrupção Passiva, Lavagem de Dinheiro e Peculato

66

JOÃO RIBEIRO

Senador

PL-TO

Peculato e Crime de Escravidão

67

JORGE PINHEIRO

Deputado

PL-DF

Crime Ambiental

68

JOSÉ DIVINO

Deputado

PRB-RJ

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

69

JOSÉ JANENE

Deputado

PP-PR

Estelionato, Improbidade Administrativa, Lavagem de Dinheiro, Corrupção Passiva, Formação de Quadrilha, Apropriação Indébita e Crime Eleitoral

70

JOSÉ LINHARES

Deputado

PP-CE

Improbidade Administrativa

71

JOSÉ MENTOR

Deputado

PT-SP

Corrupção Passiva

72

JOSÉ MILITÃO

Deputado

PTB-MG

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

73

JOSÉ PRIANTE

Deputado

PMDB-PA

Crime Contra o Sistema Financeiro

74

JOVAIR ARANTES

Deputado

PTB-GO

Improbidade Administrativa

75

JOVINO CÂNDIDO

Deputado

PV-SP

Improbidade Administrativa

76

JÚLIO CÉSAR

Deputado

PFL-PI

Peculato, Formação de Quadrilha, Lavagem de Dinheiro e Falsidade Ideológica

77

JÚLIO LOPES

Deputado

PP-RJ

Falsidade Ideológica

78

JÚNIOR BETÃO

Deputado

PL-AC

Declaração Falsa de Imposto de Renda, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

79

JUVÊNCIO DA FONSECA

Deputado

PSDB-MS

Improbidade Administrativa

80

LAURA CARNEIRO

Deputada

PFL-RJ

Improbidade Administrativa e Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

81

LEONEL PAVAN

Senador

PSDB-SC

Contratação de Serviços Públicos Sem Licitação e Concussão

82

LIDEU ARAÚJO

Deputado

PP-SP

Crime Eleitoral

83

LINO ROSSI

Deputado

PP-MT

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

84

LÚCIA VÂNIA

Senadora

PSDB-GO

Peculato

85

LUIZ ANTÔNIO FLEURY

Deputado

PTB-SP

Improbidade Administrativa

86

LUPÉRCIO RAMOS

Deputado

PMDB-AM

Crime de Aborto

87

MÃO SANTA

Senador

PMDB-PI

Improbidade Administrativa

88

MARCELINO FRAGA

Deputado

PMDB-ES

Crime Eleitoral, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

89

MARCELO CRIVELA

Senador

PRB-RJ

Crime Contra o Sistema Financeiro e Falsidade Ideológica

90

MARCELO TEIXEIRA

Deputado

PSDB-CE

Sonegação Fiscal

91

MÁRCIO REINALDO MOREIRA

Deputado

PP-MG

Crime Ambiental

92

MARCOS ABRAMO

Deputado

PP-SP

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

93

MÁRIO NEGROMONTE

Deputado

PP-BA

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

94

MAURÍCIO RABELO

Deputado

PL-TO

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

95

NÉLIO DIAS

Deputado

PP-RN

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

96

NELSON BORNIER

Deputado

PMDB-RJ

Improbidade Administrativa

97

NEUTON LIMA

Deputado

PTB-SP

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

98

NEY SUASSUNA

Senador

PMDB-PB

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

99

NILTON CAPIXABA

Deputado

PTB-RO

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

100

OSMÂNIO PEREIRA

Deputado

PTB-MG

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

101

OSVALDO REIS

Deputado

PMDB-TO

Apropriação Indébita

102

PASTOR AMARILDO

Deputado

PSC-TO

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

103

PAULO AFONSO

Deputado

PMDB-SC

Peculato, Crime Contra o Sistema Financeiro e Improbidade Administrativa

104

PAULO BALTAZAR

Deputado

PSB-RJ

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

105

PAULO FEIJÓ

Deputado

PSDB-RJ

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

106

PAULO JOSÉ GOUVEIA

Deputado

PL-RS

Porte Ilegal de Arma

107

PAULO LIMA

Deputado

PMDB-SP

Extorsão e Sonegação Fiscal

108

PAULO MAGALHÃES

Deputado

PFL-BA

Lesão Corporal

109

PEDRO HENRY

Deputado

PP-MT

Formação de Quadrilha, Lavagem de Dinheiro e Corrupção Passiva, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

110

PROFESSOR IRAPUAN

Deputado

PP-SP

Crime Eleitoral

111

PROFESSOR LUIZINHO

Deputado

PT-SP

Lavagem de Dinheiro

112

RAIMUNDO SANTOS

Deputado

PL-PA

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

113

REGINALDO GERMANO

Deputado

PP-BA

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

114

REINALDO BETÃO

Deputado

PL-RJ

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

115

REINALDO GRIPP

Deputado

PL-RJ

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

116

REMI TRINTA

Deputado

PL-MA

Estelionato e Crime Ambiental

117

RIBAMAR ALVES

Deputado

PSB-MA

Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

118

RICARDO BARROS

Deputado

PP-PR

Sonegação Fiscal

119

RICARTE DE FREITAS

Deputado

PTB-MT

Improbidade Administrativa e Formação de Quadrilha, Sanguessugas (Escândalo das Ambulâncias)

120

RODOLFO TOURINHO

Senador

PFL-BA

Gestão Fraudulenta de Instituição Financeira

121

ROMERO JUCÁ

Senador

PMDB-RR

Improbidade Administrativa

122

ROMEU QUEIROZ

Deputado

PTB-MG

Corrupção Ativa, Corrupção Passiva e Lavagem de Dinheiro

123

RONALDO DIMAS

Deputado

PSDB-TO

Crime Eleitoral

124

SANDRO MABEL

Deputado

PL-GO

Crime Contra a Ordem Tributária

125

SUELY CAMPOS

Deputada

PP-RR

Crime Eleitoral

126

TATICO (JOSÉ FUSCALDI CESÍLIO)

Deputado

PTB-DF

Crime Contra a Ordem Tributária, Declaração Falsa de Imposto de Renda e Sonegação Fiscal

127

TETÉ BEZERRA

Deputado

PMDB-MT

Publicado por: caduxis | 13/11/2011

Coisas estão acontecendo…

No dia 11/11, recebi em meu email uma mensagem encaminhada por Edcrusty, um grande amigo, que falava sobre o ocorrido na USP, a mensagem se intitulava: ” PM NA USP: ALGUÉM AÍ TÁ COM SAUDADE DA DITADURA ‘DECLARADA’?”, de fato, coisas estão acontecendo e se não abrirmos os nossos olhos seremos pegos de suspresa.

Abaixo está o texto na íntegra, leiam, reflitam e percebam que alguma coisa deve ser feita.

“ONTEM (10/11/2011) MUITAS PESSOAS (ESTUDANTES DA USP, DA UNICAMP, TRABALHADORES CONSIDERADOS INFORMAIS E PERSEGUIDOS PELA POLÍCIA MILITAR, PESSOAS LIGADAS À VÁRIOS MOVIMENTOS SOCIAIS E OUTROS CURIOSOS QUE ENGROSSARAM A FILA) SAÍRAM NAS RUAS DE SÃO PAULO, REIVINDICANDO A SAÍDA DA POLÍCIA MILITAR DA USP, A SAÍDA DO REITOR RODAS, A CONSTRUÇÃO DE UM OUTRO PROJETO DE SEGURANÇA PARA A INSTITUIÇÃO, DENTRE OUTRAS REIVINDICAÇÕES.

O QUE ACONTECEU NA USP DIA 08/11/2011 FOI UMA AGRESSÃO A TODOS OS ESTUDANTES DO MUNDO. MAIS DE 400 POLICIAIS , A “ELITE DA POLÍCIA BRASILEIRA” (TROPA DE CHOQUE, ATIRADORES DE ELITE, A “CAVALARIA” EM PESO), POLICIAIS ARMADOS ATÉ OS DENTES, PARA “PRENDER” 7O ESTUDANTES E ALGUNS DELES NEM MESMO ESTAVAM NA OCUPAÇÃO DA REITORIA (E MESMO QUE ESTIVESSEM), MAS FORAM “PROCURADOS” NA RESIDÊNCIA UNIVERSITÁRIA, POR SEREM CONSIDERADOS “SUBVERSIVOS”.
O CIRCO ARMADO NA USP, PELA POLÍCIA, NA TERÇA-FEIRA PODE SER LIDO DE MUITAS FORMAS, UMA DELAS: ALGUÉM ESTÁ COM SAUDADE DE UMA DITADURA DECLARADA. É CLARO QUE PARA MUITAS PESSOAS, A DITADURA “DECLARADA” DEIXOU SAUDADES. IMAGINEM: MENINOS PROTESTANDO??? “VAMOS RAPIDAMENTE MANDAR UNS HOMENS [OS NOSSOS MELHORES] ALI, INTIMIDAR UNS MULEQUINHOS, SÓ PRA MOSTRAR QUEM MANDA EM QUEM, QUEM É MAIS FORTE, QUEM É DONO DAQUELE LUGAR, QUEM É DONO DO PODER…” DEPOIS DO SHOW, A GENTE VOLTA PRO NOSSO ÓCIO ETERNO.
QUE ESTUDANTES PERIGOSOS, PARA MOBILIZAR TANTOS ESFORÇOS DA POLÍCIA. PERAÍ, QUE ARMA LETAL ELES POSSUÍAM??? LIVROS. AH, TÁ… SAQUEI! ALGUÉM QUER ARMA MAIS PERIGOSA DO QUE ESSA: MENINOS E MENINAS QUE CONHECEM SEUS DIREITOS E QUEREM QUE ELES SEJAM CUMPRIDOS?
ALGUÉM DEVE ESTÁ COM SAUDADE DA DITADURA. SIM, SIM…  ESTUDANTES NÃO “PODEM” IR ÀS RUAS, NEM OCUPAR OS ESPAÇOS PÚBLICOS, NEM FALAR O QUE PENSAM, NEM REIVINDICAR UM DIREITO, NEM FAZER GREVE. ISSO É UMA GUERRA DECLARADA, O INIMIGO (ESTADO, GOVERNADOR, REITOR, POLÍCIA…) SE TORNOU, COMO SEMPRE, “CLARO” E EVIDENCIOU SUA GUERRA E REPRESSÃO A TODOS OS ESTUDANTES QUE DECIDIREM OCUPAR UM ESPAÇO PÚBLICO.
A UNIVERSIDADE, UM ESPAÇO QUE ERA PRA SER NOSSO, SABEMOS QUE EFETIVAMENTE, NÃO É. FILHOS DAS CLASSES POPULARES NÃO PODEM ENTRAR NA UNIVERSIDADE. ISSO EM TODOS OS SENTIDOS DA PALAVRA “ENTRAR”, PORQUE NA USP SÓ SE ENTRA, EM CERTOS DIAS E HORÁRIOS, COM A AUTORIZAÇÃO DA POLÍCIA (GUARDA) E SE VC ESTIVER DE PORTE DE UMA CARTEIRA DE ESTUDANTE.
NESTE EXATO MOMENTO, A USP ESTÁ CHEIA DE POLICIAIS, “PROTEGENDO” A REITORIA E INTIMIDANDO OS ESTUDANTES.  A MÍDIA, A GRANDE “DES-EDUCADORA POPULAR” SE ENCARREGOU DE FAZER O DISCURSO MAIS ABSURDO, CHAMANDO OS ESTUDANTES DE “VAGABUNDOS”, “MACONHEIROS” E “DESOCUPADOS”, DETURPANDO O REAL MOTIVO DA LUTA E ESCONDENDO A VIOLÊNCIA CONTRA TODOS OS ESTUDANTES E REALIZANDO, COMO DE COSTUME,  A CRIMINALIZAÇÃO DOS MOVIMENTOS SOCIAIS.
A UNIVERSIDADE É UM ESPAÇO PÚBLICO, ESPAÇO DE PENSAMENTO CRÍTICO, DE LIBERDADE E, E POR ESSES E OUTROS MOTIVOS, A POLÍCIA NÃO PODE OCUPAR ESSE LUGAR (E NENHUM OUTRO, DIGA-SE DE PASSAGEM).
O QUE ACONTECEU NO BRASIL DIA 08/11/2011, DEVE SER ENTENDIDO DA SEGUINTE FORMA: “PARA QUE SIRVA DE EXEMPLO, PARA TODO O RESTANTE DA AMÉRICA LATINA OU PRO MUNDO TODO”. PORQUE, LOGICAMENTE, NÓS, BRASILEIROS, NÃO SOMOS OS “PRIVILEGIADOS”, EM SE TRATANDO DE PRIVATIZAÇÃO DAS UNIVERSIDADES, SUCATEAMENTO DOS ESPAÇOS PÚBLICOS, AUMENTO DA MISÉRIA E REPRESSÃO A TODOS QUE LUTAM POR UM DIREITO.
SE FIZERAM ISSO COM A UNIVERSIDADE, QUE É CONSIDERADA A MAIOR DA AMÉRICA LATINA, IMAGINEM O QUE FARÃO COM AS UNIVERSIDADES CONSIDERADAS “MENORES”?
ALGUÉM AÍ TÁ COM SAUDADE DA DITADURA???
SE NÃO ESTIVER, DIVULGUE O SEU DESABAFO, OU ESSE AQUI, TANTO FAZ… MAS, SEJA UMA VOZ CONTRÁRIA AO QUE TEM SIDO DIVULGADO NA MÍDIA. E NEM PENSE QUE ISTO AQUI É DISCURSO DE MILITANTE CHATOOOOOOO… É UM DESABAFO DE UMA PESSOA COMUM…COMO VOCÊ!!!
É isso aí… Recado dado! É hora de pensarmos o que queremos para o futuro, ou então eles irão decidir por nós.
Será mesmo que existe alguém com “Saudade da Ditadura?”…
Publicado por: caduxis | 21/06/2011

Um pouco de humor… Digamos teológico!!!

Baseado em fatos reais.

Em um dos meus vários endereços, não vou deixar claro em qual deles, para não entregar o personagem principal da história. Eu tinha como vizinho um pastor de uma dessas bem sucedidas igrejas $ evangélicas, que, como vizinho uma excelente pessoa. Muitas vezes fui convidado a visitar sua residência, em uma dessas vezes, ele me mostrou um documentário produzido pela tal igreja $ evangélica, no documentário falava um pastor candango, que jurava de pés juntos que era brasiliense, mesmo com seus 55 anos. Ora, ainda para as pessoas mais desatentas, sabe-se que Brasília tem apenas 51 anos, ainda que ele esteja morando lá desde a fundação da tão planejada capital federal, ele é apenas candango. Para editar nossa história prometo que suprimirei outros detalhes. Pois bem, tal pastor, falava de empresas que ficaram ricas desenfreadamente da noite para  o dia, que essas empresas eram financiadas pelo diabo, tomando como exemplo ele citou a VIPLAN (Viação Planaltina), que segundo ele o significado da sigla VIPLAN era: “Vim do Inferno Para Liquidar Essa Nação”, disse também que o proprietário havia feito um pacto com o diabo e teria recebido ordens diretas de satã para colocar este nome na empresa.

Outra empresa citada como exemplo foi a HELLMANN’S, essa eu não me contive… Caí na risada!!! Pois a explicação hilariante do pastor era que HELLMANN’S significa “Homens do Inferno”… HELL = Inferno e MANN’s = Homens. Em meio a gargalhadas eu consegui dizer. Mas pastor, tudo bem, hell está correto, mas o plural de homens em inglês é men e não mann’s e outra coisa a sigla da VIPLAN também não se encaixa, pois “Vim do Inferno Para Liquidar ESSA Nação” está errado… Eis que, com uma velocidade comparada a do chicote de Indiana Jones, o meu vizinho-pastor tratou de defender seu colega de profissão. Mas meu amigo, o diabo não sabe escrever… Aí não deu, foram horas de risadas!!!

Em outro momento fui convidado a fazer um lanche na casa do pastor, e para deixar nossa história mais hilária não pude deixar de citar a fala da filha do pastor, segurando um pote de maionese da marca “Soya”, eis que ela fala: “Ô pai, aqui em casa agora só tem essa maionese ruim é?…”

A resposta do pastor foi ainda mais surpreendente… “Para quem pode fazer uma maionese tão boa, o inferno não deve ser tão ruim… Vai ao supermercado e compra uma hellmann’s”.

Devido esse fato, eu fico imaginando, e se esse pastor do documentário fosse mais próximo da Microsoft, o que ele falaria do Linux?

Pois as primeiras linhas do Linux foram escritas quando Linus Torvalds era apenas um graduando de ciências da computação em HELsinki, na Finlândia (Terra do fim), afinal de contas o diabo não sabe escrever… huahauhahuahuauaha!!!

O pessoal do grupo GNU Telephony anunciou um novo projeto chamado GNU Free Call. A proposta ambiciosa, mas não impossível, é fazer uma solução livre e gratuita similar ao Skype – nos dois sentidos de “free”: livre e grátis. Um sistema baseado em protocolos abertos, aproveitando o GNU SIP Witch e várias técnicas P2P. O objetivo final seria ter aplicações multiplataforma que pudessem funcionar independente de um controle central, sem a necessidade de contas num serviço particular, como é o caso do Skype e de todas as soluções comerciais de VoIP. Além da liberdade e gratuidade outro foco seria segurança, tendo um protocolo aberto e seguro, sem margens para back-doors nem interferências externas. O projeto ainda está em estágio inicial, bastante teórico, sendo organizado basciamente por duas pessoas: Haakon Eriksen e David Sugar. Além de desktops o GNU Free Call também tem como alvo o Android. Os aspectos técnicos iniciais estão listados no blog (em inglês). Não há nada pronto, utilizável por enquanto. Se um dia o projeto der certo e crescer, será algo maravilhoso não só para a comunidade de software livre, mas para todos que gostariam de ver um “Skype” descentralizado e open source, sem abusos de uso nem códigos escondidos protegidos em caixas pretas.

 

Publicado por: caduxis | 18/06/2011

Ser nerd é POP!**

Sugiro que leiam esse texto, uma boa sacada do Thiérri Parmigiani, autor do blog “Entre o céu e o Inferno”, deixarei aqui um pequeno trecho.

Deliciem!!!

“… O problema não é o cara gostar de Star Wars ou Senhor dos Anéis. Não é preciso ser nerd para isso assim como não é preciso ser um tarado para gostar de filme pornográfico. O problema é o cara achar que é nerd só por isso. O cara nem sabe quem é o Akira, não sabe o que é Final Fantasy (se sabe nunca jogou), não entende 10% das piadas do TBBT e acha que RPG é coisa de doido, mas levanta a bandeira nerd para ser bem visto entre a galera!”

Leiam na íntegra

Publicado por: caduxis | 18/06/2011

Nerdismo 10**

Tava eu vagando pelo cyberespaço quando me deparo com o belo blog de Bruno Taborda “Contra Cultura” e putz!!! Achei surreal essa imagem, logo compartilho…

Older Posts »

Categorias